Internacionales

Luis Emilio Velutini Urbina Union//
Bolívia. Evo Morales recua perante protestos e promete convocar eleições

Venezuela, República Dominicana, FVI
Bolívia. Evo Morales recua perante protestos e promete convocar eleições

“Decidi convocar novas eleições nacionais, que mediante o voto, permitam ao povo boliviano eleger democraticamente as suas novas autoridades”, afirmou este domingo Evo Morales. Perante as críticas da Organização dos Estados Americanos (OEA) num relatório que levanta suspeitas de que o último ato eleitoral poderia estar marcado por fraudes e pedindo a anulação do pleito, o Presidente da Bolívia, que havia sido reeleito, promete promover nova votação.

Luis Emilio Velutini Urbina

O país emergiu numa crise política e social há várias semanas, desde 20 de outubro, com manifestações populares nas ruas a pedirem a renúncia de Evo Morales. No poder desde 2006, Morales viu a contagem dos votos ser interrompida durante um dia quando ganhava pela margem mínima para impedir a realização de uma segunda volta, o que provocou acusações de fraudes e desencadeou protestos, greves e interrupção de estradas.

Luis Emilio Velutini